SOBRE NÓS

Nossa visão é muito simples, tudo o que fazemos se concentra em nossas crianças e jovens -  O amor ao próximo é o que nos uniu para construir uma sociedade mais fraterna e justa.

O Sonho se tornando uma realidade

Conquista para região norte de Sorocaba

Idealizado por Leandro Felicio Monteiro devido a necessidade da região norte de Sorocaba que é formada por mais de 200 bairros e uma população estimada em cerca de 250 mil pessoas. No 20° Distrito Escoteiro "Sorocaba" entre 19 Grupos, na época possuía apenas 1 que se localiza no Aeroclube, que apesar de pertencer a região era distante dos bairros onde hoje o Grupo encontra-se localizado. O encontro e parceria com a Associação Beneficente Antonio José Guarda (AJG), que hoje é nossa sede na R. Clóvis da Silveira, 30 JD. Santa Lúcia, foi essencial para que voluntários da própria comunidade sem nunca ter contato com o "Movimento Escoteiro" abraça-se a causa em prol dos nossos jovens e crianças. Grupo Escoteiro Monte Serrat 432/SP realizou sua primeira atividade em 06 de Maio de 2017, teve sua PRIMEIRA PROMESSA EM 02 DE JULHO DE 2017, após um ano de planejamento do projeto. No ano de nossa fundação tivemos 89 inclusões / 11 renovações - total: 100 membros, ficando entre os 6 maiores grupos do 20° Distrito "Sorocaba" entre 19. Conquistamos nível Diamante na atividade Scout Joti Challenge 2017, destaque em participações distritais e eventos proposto pelos Escoteiros do Brasil, tendo o presidente mais novo do distrito. Em meio ano de vida conquistamos o titulo de GRUPO PADRÃO OURO, a Certificação de Grupo Padrão é um prêmio de reconhecimento anual para as Unidades Escoteiras Locais (UELs) alcançarem um padrão desejável de qualidade nas áreas de Administração, Formação de Adultos, Aplicação do Método Escoteiro, Participação na Comunidade, Divulgação do Movimento Escoteiro, Avaliação de Atividades e Crescimento. Classificada em 3 níveis: Bronze, Prata e Ouro. 

Nosso Brasão:

Nosso escudo, nossa força

Brasão: Nas cores azul e amarelo, contém no lado esquerdo meia Flor de Lis como símbolo do Movimento Escoteiro, escolhida pelo fundador do Movimento Escoteiro, Robert Stephenson Smyth Baden-Powell e que no Escotismo, as três pétalas representam os três pilares da Promessa Escoteira e o Norte apontado por uma das pétalas, orienta a direção a ser tomada pelo jovem, sempre para cima; no lado direito as letras MS estilizadas e sobrepostas são as siglas de Monte Serrat e que serão subscritas pelo numeral da UEL; ao lado direito do brasão estará a descrição "G.E. MONTE SERRAT", de forma ascendente.

Cores:

Cor Azul: O azul significa harmonia e maturidade e o Amarelo Ouro, a prosperidade, a alegria e refere-se aos integrantes da realeza que se instalou no inicio da história da região de Sorocaba. O tom azul é a cor do espírito e do pensamento. Simboliza a lealdade, a fidelidade, a personalidade e sutileza. Simboliza também o ideal e o sonho. Azul é cor profunda. Preferida por adultos, demonstra maturidade. O azul-marinho nos faz sentir descontraídos e calmos, como o imenso e escuro mar durante a noite.

Vermelho e Amarelo: Nas cores do logo e mais o vermelho que simboliza nossa paixão em ajudar o próximo. Linha amarela na borda lembra a realeza da época conforme a história do nome do grupo. Cor vermelha no lenço: O vermelho é a cor do fogo e do sangue, por isso está associado à energia, guerra, perigo, força, poder, determinação, assim como a paixão, ação, desejo e amor.

Sobre o Nome

A escolha da identificação MONTE SERRAT, foi resultante da homenagem ao nome da Vila que deu inicio à cidade de Sorocaba. Os bandeirantes passavam por essa região quando se deslocavam para Minas Gerais e Mato Grosso à procura de ouro, prata e ferro. Em 1589, o português Afonso Sardinha esteve no morro de Araçoiaba à procura do ouro, mas encontrou somente minério de ferro. No local, no mesmo ano, Afonso Sardinha construiu a primeira casa da região, que deu origem à fundação da Vila de Nossa Senhora da Ponte de Monte Serrat, mudando-se para a Vila de São Filipe, no Itavuvu, em 1611. Por ordem do então governador-geral do Brasil (período entre 1591 e 1602), Dom Francisco de Sousa, foi inaugurado o pelourinho (símbolo do poder real) na Vila de Nossa Senhora da Ponte de Monte Serrat.